segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Tiragem da Lua - Qual o segredo nessa história?

Sabe quando você está com a pulga atrás da orelha?
Quando você olha uma situação e diz: nesse angu tem caroço!
Pois é, muitas vezes a gente vê uma situação e somente queremos saber o real motivo por detrás de uma atitude ou de algum acontecimento. Pois bem....
Uma ótima tiragem para esses casos é a cruz celta. Ela traz uma análise completa do que realmente está acontecendo e nos dá um panorama de como agir em consequência do resultado.

Contudo, e quando não estamos tão afim de destrinchar um problema tão a fundo, ou mais, queremos apenas entender o porquê de algo ter acontecido.

Para isso eu indico a leitura da tiragem da Lua. É uma tiragem muito simples para desmacarar uma pessoa ou situação.

Vamos lá:

1- O resultado
2 - O que trouxe a situação a tona
3 - O que proteje o consulente
4 - O que está escondido?
5 - O consulente


Confesso que a ordem das cartas na imagem acima foi muito infeliz (risos) mas eu sugiro que voês tire da seguinte forma: "O que está escondido", "O que trouxe a situação à tona", "O que proteje o consulente", "O Camiho" e "o consulente".

4 - O que está escondido: Qual o real motivo daquilo ter acontecido. O que a pessoa ou a situação não mostrou ao consulente. Aquilo que de fato causou o fato.
2 - O que trouz a situação a tona: Essa carta vai mostrar o que fez com que a verdade viesse à tona, quais as percepções do consulente ou do ambiente desencadeou o ocorrido.
3 - O que proteje o consulente: O que faz com que as consequencias desse fato não afete ainda mais o consulente. O que está protegente ele?
5 - O consulente: o que o consulente está passando com tudo e como ele está encarando a situação?
1 - O caminho ou o resultado disso. Como isso vai acabar ou terminar?

Sugiro que façam testes e enviem o resultado para nós para que possamos ver os resultados. Utilizamos aqui e deu muito certo.

Abraços,

Edson Previato 

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Curso Completo de Tarô

Com aulas teóricas e muita pratica, você terá a oportunidade de descobrir o universo do Tarô! A pratica consiste na compreensão, interpretação e técnica de tiragem das 78 cartas que compõem o baralho e, através desse conhecimento, você terá uma poderosa ferramenta de desenvolvimento material, mental, sentimental e espiritual.
O curso acompanha apostila impressa e um deck de tarô.

Carga Horária: 22 horas


Pré-requisito: Nenhum


Mini bio:
Teve seu primeiro tarô aos 12 anos e nesse período utilizou o oráculo com familiares e amigos. Se afastou do tarô por pressão de sua fé cristã, mas volta à pesquisar o sobrenatural quando se converte às religiões de matriz africana em 2011.
Realizou atendimentos em sites e posteriormente seguiu com atendimentos com seus clientes particulares.
Autodidata no aprendizado das cartas, posteriormente realizou vários cursos para se especializar em temas como Tarô e numerologia, leitura em pares, cartas da corte, tiragens de tarô entre outros. Desde 2016 ensina tarô em salas de aula de grupos de estudo.
Capricorniano, Candomblecista, tarólogo, analista de sistemas e professor de tarô.


Método:
O curso de tarô tem aulas teóricas e práticas para estudo das 78 lâminas do tarô.
Um mergulho no estudo simbólico e divinatório das cartas.
O tarô pode ser utilizado como ferramenta de desenvolvimento pessoal, espiritual e sentimental.
O curso tem duração de dois meses e meio e conta com dinâmicas, jogos, prática e estudo



Programa:


26 de Setembro
Aula 01 - Introdução
3 de Outubro
Aula 02 - Símbolos, arcanos do I ao V
10 de Outubro
Aula 03 - Arcanos do VI ao XXI + Louco
17 de Outubro
Aula 04 - Arcano do XVIII ao XXI , o Louco, Clientes, Ética e Introdução à Técnica
24 de Outubro
Aula 05 - Técnicas de tiragem
31 de Outubro
Aula 06 - Arcanos menores
7 de Novembro
Aula 07 - Naipe de Ouros e Copas
14  de Novembro (Véspera de Feriado)
Aula 08 - Naipe de Espadas e Paus
21 de Novembro
Aula 09 - Tiragens com Arcanos Menores
28 de Novembro
Aula 10 - Aula Prática
05 de Dezembro
Aula 11  - Consagração e Confraternização






Horário:
Terças - 19:30 às 21:30
Local:
Bons Ventos - coworking
Endereço: R. Santo Antônio, 405 - Cambuí, Campinas - SP, 13024-440


Material incluso na mensalidade:
Baralho de Tarô
Apostila Impressa
Certificado Impresso (Com no mínimo 80% de presença)


Material Necessário:
Canetas/Lápis
Toalha para seu tarô*


Investimento:
3 x R$ 140 (Matrícula/30/60)
**Reserva da vaga mediante pagamento da matrícula**

Link de confirmação de matrícula:
Clique aqui



segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Tiragem para o ano - 2013 o ano da Lua


Em uma forma muito ousada de entender como seria o meu ano, em dezembro do ano passado "criei" uma tiragem para o ano todo.

Era um método simples, um arcano maior para todo o ano e um menor para cada mês. Foi muito complicado acompanhar os meses com apenas um arcano menor, mas eu me lembro muito bem qual foi o arcano maior que saiu: A Lua!
Pra mim, a Lua é um dos arcanos mais controversos. Não é declaradamente ruim e nem arregaladamente boa. A lua é um arcano que incomoda por ser perigoso pelo desconhecido e pela rejeição que temos de temer um arcano tão lindo!
Um dos arcanos a trazer uma imagem arquetípica necessariamente feminina e que desembocará na energia ativa e masculina do arcano sol logo em seguida.
E assim foi o meu ano, para quem visse de fora foi um ano que não teve desenvolvimentos grandes ou vitórias que me autorizassem ostentar qualquer coisa, mas os ganhos percebidos por mim mesmo e sutilmente foram grandes.
A confusão mental da Lua veio com tudo, a ambiguidade, os pensamentos divididos e as duvidas com certeza estiveram comigo, mas o contato e desenvolvimento espiritual me ajudaram para que eu não ficasse completamente maluco.
Junto com a Lua vem um passaporte de acesso ao seu interior mais profundo, aqueles que você não teria autorização para ir até ele em outras situações mas com a Lua ele se torna aberto e chamativo.
O meu desenvolvimento espiritual nesse ano foi muito grande, assim como o acesso aos meus guias protetores e as divindades internas.
Novidades apareceram e foram de grande transformação na minha vida mas as conclusões de cada uma delas só puderam vir em 2014 e estão todas devidamente agendadas.
Agora são 23:26 do dia 23/12/2013 e daqui alguns minutos devo saber o arcano regente de 2014. Ousada mas que nesse ano deu muito certo! 
E que venha o novo ano cheio de.... bom, vamos jogar.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

O bom samaritano, Natal e o 6 de Ouros

O Seis de Ouros

Pela ilustração do Tarô de Rider-Waite estamos sempre muito sujeitos firmar o seis de ouros como a carta que me mostra a caridade, bondade, divisão com os pobres. A imagem é muito clara quando mostra o mercador em meio a sua atividade dividindo com quem precisa de caridade.
Sempre é preciso estudar o tarô em seu contexto. E com isso será possível não enxergar apenas esse significado tão engessado da carta. 


O quatro de ouros mostra a avareza e a mesquinharia, o cinco de ouros mostra a continuidade do individuo que não aprendeu a tempo que suas atitudes agoístas não seriam vantajosas e acabou perdendo tudo. Vem a imagem de mendicância, perda e miséria.
O seis de ouros traz a reviravolta, o aprendizado. Aquele que aprendeu com o seu erro e sabe, HOJE, que é preciso ajudar. O indivíduo central não nasceu bonzinho e cheio de benevolência, ele apanhou com seus erros e hoje ajuda aqueles que precisam.
Em uma interpretação particular eu vejo que no quatro de ouros ele está agarrado com seus bens, no cinco de ouros os bens já pertencem a outra instituição e por isso as moedas estão presas aos vitrais mostrando a riqueza da instituição à quem o dinheiro pertence hoje.
Mas no seis de copas ele já entendeu que aquilo que construímos não adianta de nada quando não é divido e servido para o bem. Eu, pessoalmente, interpreto as moedas acima dele pois o valor está na situação, no servir, no crescimento como pessoa e não em posse de qualquer uma das três figuras. Todos ganham.

O Natal

Desde muito cedo recebemos um bombardeio de cobranças nessa época, de que sejamos bons, benevolentes, caridosos e tudo que a mídia junto dos costumes cristãos nos prega. Nessa época as pessoas cobram que se tenha mais sensibilidade com as pessoas e com aqueles que precisam de ajuda. 
O nascimento de alguém tão importante na humanidade certamente desperta alguns sentimentos bons. Mas será que o Natal fala mesmo de bondade e de dedicação ao seu próximo?
A passagem biblica que mais fala sobre dedicação ao próximo não é a do nascimento de Jesus. Jesus, o Messias, nasceu em uma manjedoura em um ambiente simples e precário e recebeu a visita dos três reis magos. Os três reis magos deram a Jesus algo que era realmente caro na época e que lhes custou muito dinheiro, certamente, mas não representava uma ajuda de fato. Os três reis magos fizeram como aquele tio rico que dá o presente mais caro e menos interessante.
Caso nesse Natal qualquer um queira, de fato, se espelhar num exemplo de bondade devem ser Bons Samaritanos, que deixam o seu caminho do trabalho, tiram realmente de seu bolso para ajudar alguém que realmente precisa.

Diferente dos Reis Magos, o Bom Samaritano ajudou alguém que não seria famoso, diretamente ligado a Deus, nem o Messias. O bom samritano ajudou um anônimo, quase morto a beira da estrada e que ninguém saberia que o teria feito. Quando queremos realmente fazer algo de bom, fazemos por nós e para nós. Ninguém precisa saber e as vezes nem mesmo o ajudado.
A paz que a caridade traz é maior do que qualquer massagem de ego. Que nesse Natal e que em todo o ano você seja caridoso e feliz por ajudar e não por se julgar mais pertinho do céu.
Um abraço,


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Pajem de Ouros - A busca e a evolução.


O Pajem é jovem e usa a sua sabedoria para a busca da técnica e do empreendimento. O conhecimento vem até ele por meio de seu esforço e busca. Dia 01 de dezembro darei uma palestra no stand do Nei Niaff na Mystic Fair e estou me preparando muito pra isso.
Apresentar um tema como Atendimento Online é uma grande responsabilidade e traz um desafio enorme pra mim como profissional e como estudante.
Nessa busca eu vou continando fazendo minhas pesquisas e tentando concluir com louvor e honestidade esse trabalho a que foi me designado.
Peço a Deus, aos Orixás e aos guias de todo o universo que me ajude, trazendo essa sabedoria e força pra dentro da minha cabeça e me ajude no foco, o que é um grande desafio pra mim como pessoa!
Trabálho árduo, pesquisa e renovação!